Novembro Azul Thumb

Novembro Azul: tocar nesse assunto é um começo para a prevenção

outubro-rosa

O câncer de próstata é o câncer mais frequente no sexo masculino, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. No intuito de conscientizar a população masculina sobre a doença e visando a diminuir a taxa de mortalidade que ainda é alta, esse é o mês do movimento Novembro Azul. Confira os fatores de riscos e prevenções do câncer de próstata.

 

Prevenção:

– Alimentação saudável: Uma alimentação rica e variada é garantia de prevenção para várias doenças. Alguns estudos indicam alimentos específicos como tomate, soja, chá verde, alho, cebola e brócolis, como prevenção desse tipo de câncer.
– Exercícios físicos. A prática também é relacionada com saúde, de modo geral. Mas pesquisas indicam influência direta para redução do risco do câncer de próstata.
– Exame PSA e, em alguns casos, o toque retal, são fundamentais para a prevenção e detecção precoce.

 

Fatores de Riscos:

– Idade: Sendo muito raro em homens com menos de 40, as chances aumentam a partir dos 50 anos e 62% dos casos acometem homens com mais de 65 anos.
– Nacionalidade: Por razões ainda não claras, o câncer de próstata é o mais comum na América do Norte, noroeste da Europa, Austrália e nas ilhas do Caribe. É menos comum na Ásia, África, América Central e América do Sul.
– Raça: Homens de descendência africana são mais propensos a receberem o diagnóstico em estágio avançado.
– Histórico familiar: Ter um parente de primeiro grau com o diagnóstico da doença mais que duplica os riscos de um homem desenvolver esse tipo de câncer.
– Dieta: Estudos sugerem que homens com alimentação desequilibrada têm mais riscos de desenvolver a doença.
– Sedentarismo e Obesidade também contribuem para a doença.

Fonte: Sociedade Brasileira de Urologia

Procure sempre a orientação de um especialista e viva bem!