Doencas Infancia

Doenças Comuns Na Infância: O Que Você Precisa Saber

doencas-infancia

Como as crianças ainda não possuem um sistema imunológico totalmente desenvolvido, elas são mais propensas a desenvolverem algumas doenças infectocontagiosas que nós, adultos, mesmo com criança doente em casa simplesmente não pegamos. Vale a pena conhecê-las primeiro na teoria antes de darmos de cara com elas na prática.

 

  • SARAMPO:

O sarampo é uma doença causada por um vírus e é contagioso. Além das conhecidas bolinhas vermelhas no corpo da criança, outros sintomas são: febre, tosse persistente, irritação nos olhos, corrimento do nariz e sensação de cansaço. Apesar de o sarampo ser uma doença facilmente tratável, é muito importante o acompanhamento médico, porque ele pode se desenvolver para casos mais sérios como: pneumonia, encefalite e diarreia.

Tempo de duração: Em média 10 dias. / Prevenção: vacinação.

  • CATAPORA:

A catapora (também conhecida como varicela) é causada por um vírus e também é altamente contagiosa (e só se pega uma vez na vida). O número de casos aumenta no fim do inverno e início da primavera. Seus sintomas são: manchas vermelhas na pele, febre alta, cansaço e perda de apetite. Não existe um remédio para combater a catapora, mas é importante entrar em contato com o pediatra por causa dos outros sintomas. Lembre-se: quando as manchinhas viram cascas, elas não devem ser cutucadas porque podem deixar marcas na pele para sempre. É preciso ainda higienizar vestimentas, roupas de cama e outros objetos que possam estar contaminados.

Tempo de duração: Em média 10 dias. / Prevenção: vacinação.

  • CAXUMBA:

Apesar de não ser exclusivamente uma doença infantil, a maioria das pessoas é contaminada pelo vírus da caxumba na infância. O contágio se dá através da saliva ou do espirro.  Costumam ocorrer surtos da doença no inverno. Os sintomas são: inchaço das glândulas salivares, febre, fraqueza, dor de cabeça e dor muscular. Nos meninos pode ocorrer o inchaço dos testículos e nas meninas nos ovários. É outra doença pra ficar atento, pois seu quadro pode evoluir para meningite.

Tempo de duração: Depois do contágio, ela pode demorar até 20 dias para apresentar sintomas e mais 10 dias para ser combatida pelo organismo. / Prevenção: vacinação.

  • RUBÉOLA:

Causada por um vírus, a rubéola é transmitida pelo ar. Afeta principalmente crianças entre cinco e nove anos. Além de deixar a pele da criança num tom avermelhado, outros sintomas são: febre, dor de garganta, mal estar e aumento dos gânglios (ínguas) perto do pescoço e ouvidos.

A rubéola tem outra forma que é a congênita. Ela é passada de mãe para o feto e pode ter desdobramentos mais graves, como: malformações no feto (afetando sua audição e visão). Por isso, é importante que mulheres que não tenham sido vacinadas na infância façam isso antes de tentar engravidar.

Tempo de duração: Em média 10 dias. / Prevenção: vacinação.

  • MENINGITE:

É uma inflamação das membranas do cérebro e pode ser bacteriana ou viral. Alguns sintomas que vem junto com a doença são: febre, rigidez na nuca, vômito, mal estar. Ela é transmitida pelo ar e possui três fases de evolução. A meningite se não for tratada pode ser uma doença muito perigosa para as crianças.

Tempo de duração: Em média 20 dias. / Prevenção: vacinação.

Sempre é bom lembrar que no caso de estar contaminada com alguma dessas doenças, a criança não deve frequentar a escola. Não só porque isso colocaria em risco uma criança que precisa de repouso, mas também por causa dos colegas da escola, devido ao perigo de contágio dessas doenças.

É muito importante respeitar o calendário de vacinação logo após o nascimento e, também, saber reconhecer possíveis sintomas para buscar ajuda médica sempre que for necessário.

Fonte: FIOCRUZ

Procure sempre a orientação de um especialista e viva bem!